Demência por corpos de lewy

O que é a Demência por Corpos de Lewy?

A Demência por Corpos de Lewy (DCL) ou Doença por Corpos de Lewy é uma doença rara, degenerativa que ocorre por acúmulo dos chamados corpos de Lewy em neurônios do sistema nervoso central, levando a vários sintomas progressivos relacionados à cognição e ao movimento.  

A doença faz parte do grupo de doenças do Distúrbio do Movimento, cursando com uma forma de parkinsonismo.

 

Parkinsonismo é o conjunto de sintomas caracterizados por: 

Bradicinesia ( lentidão do movimento), associado a rigidez muscular e/ou tremor.

 

Assim, não confunda: parkinsonismo é o conjunto de sintomas. Quando falamos em Doença de Parkinson, estamos falando de uma doença, que também possui parkinsonismo.

 

Na Demência por Corpos de Lewy, há além do parkinsonismo, outras características, que ajudam a diferenciar da Doença de Parkinson, como demência precoce, alunicações, quedas e alteração do comportamento.

A Demência por Corpos de Lewy é rara e, desta forma, é muito difícil de ser diagnosticada. Quase sempre o diagnosticado como Doença de Parkinson ou Alzheimer. Interessantemente alguns são diagnosticados como tendo "Parkinson ou Alzheimer ao mesmo tempo." 

Quais são os sintomas da Demência por Corpos de Lewy?

Os principais sintomas da Demência por Corpos de Lewy, são:

  • Parkinsonismo, que é a Lentidão do movimento associado a rigidez ou tremor. Pela presença de Parkinsonismo, muitas vezes o paciente com Lewy pode ser equivocadamente diagnosticado com Doença de Parkinson.

  • Demência, que é o comprometimento das funções cognitivas, cursando com alteração de memória, esquecimentos, alteração do planejamento, com dificuldade para executar tarefas simples que antes realizava de forma automática.

  • Alucinações, que podem ser apenas esporádicas, mas que mais comumente se dão através de alucinações visuais, com animais ou pessoas.

  • Alteração de comportamento, com aparência de inquietação, impaciência, podendo ter agressividade e comportamentos impulsivos.

  • Hipersensibilidade a medicamentos anti-psicóticos: uma vez que alteração de comportamento é comum, o uso de medicamentos anti-psicóticos por médicos é comum. No entanto, o paciente com D. Lewy pode ter uma reação exacerbada e ficar "dopado" frente a doses baixas de medicamento, ou então ficar mais agitado ou piorar as alucinações com o aumento do medicamento.

  • Flutuações: Os sintomas tem característica de serem flutuantes, com horas boas e, de repente, alterações súbitas e recorrentes com os sintomas acima descritos.

Como é diagnosticado a Demência por Corpos de Lewy?

A Demência por Corpos de Lewy é diagnosticada principalmente através da presença dos sintomas acima descrito, ou parte deles, associado a exclusão de outras causas, como as demências reversíveis.

Exames de imagem, como exame de ressonância magnética, são úteis, mas por si só quase nunca diagnosticam a Demência por Corpos de Lewy. Exame de SPECT (cintilografia) com Trodat pode ser útil, mas não serve para diferenciar a DCL de outras formas de parkinsonismo, como a Doença de Parkinson.

Frente à dúvida diagnóstica, o exame de PET- CT, é útil e pode avaliar a diferença de metabolismo, que na DCL é menor na região occipital do cérebro.

© 2020 Dr. Gustavo L. Franklin - 

Avenida Sete de Setembro 4848, 9° Andar - Batel Curitiba/PR       Tel: (41) 98717-4780

Neurologia
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon