Ataxias

As ataxias representam um conjunto de doenças que levam, em última instância ao desequilíbrio e à dificuldade em coordenar os movimentos.

Frequentemente dá uma aparência que a pessoa está "embriagada", devido a dificuldade de andar, pegar objetos e até mesmo falar.

Os sintomas podem ter um surgimento abrupto, sem progressão ou período de piora, como nos AVC's, podem ser recorrentes, com episódios de melhora e de piora, ou então progressivos, como nos casos genéticos.

Existem vários tipos de ataxias.

Ataxias cerebelares, que podem ser esporádicas, em que não há história de acometimento familiar, hereditárias (em que passam dos pais pra filhos), adquiridas, como aquelas por deficiência de vitaminas, ou por infecções, AVC, dentre outras.

Mas há também ataxias sensitivas e ataxias labirínticas.

O diagnóstico quase sempre é muito difícil, sendo comum a ida a vários médicos, até que o neurologista especialista em distúrbios do movimento diagnostique e investigue a causa.

Como são diagnosticadas as ataxias?

O diagnóstico das ataxias pode ser desafiador para um neurologista geral. Primeiro pois os sintomas iniciais podem ser muito difíceis de ser observados. Depois pois a maioria das causas são raras e é muito possível que um médico passe uma vida toda sem ver qualquer caso. 

A investigação diagnóstica se inicia com o exame clínico detalhado dentro do consultório, sendo frequentemente necessários exames de investigação como ressonância magnética de crânio, exames laboratoriais ( alguns bem específicos), punção lombar e muitos outros.

Quando há história familiar de acometimento neurológico o exame genético é o ideal para fechar o diagnóstico com exatidão.

Causas mais raras de Ataxias Cerebelares
Ataxias espinocerebelares
Doença de Machado-Joseph
Ataxia de Friederich
Xantomatose cerebro-tendínea
Ataxia-teleangiectasia

Se quiser saber mais sobre alguma dessas ou outras doenças só entrar em contato ou perguntar logo abaixo! 

Na dúvida, agende sua consulta e seja avaliado!

Como é feito o tratamento das Ataxias

O tratamento das Ataxias variam muito, de acordo com sua causa. Causas adquiridas como deficiência de vitaminas e infecções são tratadas de forma específica e a cura é possível. Quando a doença é genética e hereditária o tratamento curativo é muito improvável e o controle da doença se dá através de medicamentos que aliviam os sintomas.  

​É muito importante ter em mente que a ataxia pode ser um sintoma de doenças mais complexas, com outros sintomas associados. Por isso um neurologista especialista em distúrbios do movimento deve sempre acompanhar, para fazer o diagnóstico correto e antecipar os possíveis sintomas associados e tratar quando possível.

© 2020 Dr. Gustavo L. Franklin - 

Avenida Sete de Setembro 4923, Salas 301/302 - Batel Curitiba/PR       Tel: (41) 98717-4780

Neurologia
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon