Esclerose Múltipla

A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença autoimune (quando células do corpo atacam outras células do corpo, neste caso, atacam os neurônio), que se desenvolve a partir de uma pré-disposição genética.

Ocorre frequentemente na forma de surtos, atingindo estruturas nervosas do cérebro e da medula espinhal, podendo resultar em déficits neurológicos com recuperação parcial ou completa.

O tratamento da Esclerose Múltipla vem passando por grandes avanços nos últimos anos, com estratégias medicamentosas para cada etapa da doença e resultados cada vez mais promissores, tanto na prevenção de surtos, como no controle dos sintomas associados. O acompanhamento multidisciplinar, com fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, terapia ocupacional é fundamental. 

Os sinais neurológicos, podem ocorrer na forma de fraqueza em algum membro (braços e pernas), diminuição de sensibilidade (como formigamentos e dormências), dificuldade de coordenação (desequilíbrios), ou dificuldade para andar.

 

No paciente com EM, também é comum desenvolver ao longo da evolução da doença também sintomas como fadiga, cansaço ou indisposição, além de depressão, ansiedade e dores no corpo.

O tratamento da EM vem passando por grandes avanços nos últimos anos, com estratégias medicamentosas para cada etapa da doença e resultados cada vez mais promissores, tanto na prevenção de surtos, como no controle dos sintomas associados.

© 2020 Dr. Gustavo L. Franklin - 

Avenida Sete de Setembro 4923, Salas 301/302 - Batel Curitiba/PR       Tel: (41) 98717-4780

Neurologia
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon