Distúrbios do sono

São diversos fatores que contribuem para distúrbios do sono. Desde fatores emocionais e psiquiátricos, como ansiedade e depressão, até mesmo uso de medicamentos e doenças como Apnéia Obstrutiva do Sono.

São diversos fatores que contribuem para uma dificuldade em dormir, por isso é fundamental uma avaliação pelo especialista para um tratamento adequado. 

Na Síndrome de Apneia e Hipopneia Obstrutiva do Sono, há uma barreira à passagem do ar, geralmente devido ao fechamento ou colabamento da parede da traqueia ou de outra parte da via respiratória. Isso leva à produção de alto som ao dormir (roncos), despertares noturnos e grande dificuldade na manutenção do sono.

 

Períodos prolongados de apneia, principalmente quando mantidos a longo prazo, levam a má-oxigenação cerebral e, consequentemente, a sintomas progressivos de:

> Dor de Cabeça Matinal
> Esquecimentos
> Irritabilidade
> Sonolência diurna

O maior prejuízo de uma noite mal dormida é a sonolência diurna que pode limitar as atividades de trabalho e até os momentos de lazer.

Os distúrbios do sono também dificultam a concentração durante o dia, aumentam a frequência de episódios de irritabilidade e mau humor, levam a perda de memória, diminuição de libido e até mesmo disfunção erétil (impotência sexual).

 

O tratamento envolve diminuir os fatores associados, melhorando a higiene do sono, tratamento das condições psiquiátricas, quando houver, e uma abordagem integral, buscando tratar todos fatores limitantes do sono e também suas consequências.

© 2020 Dr. Gustavo L. Franklin - 

Avenida Sete de Setembro 4923, Salas 301/302 - Batel Curitiba/PR       Tel: (41) 98717-4780

Neurologia
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon